EM MAIS UMA VITÓRIA DO JURÍDICO, ACS ABSOLVE POLICIAL QUE FOI A JÚRI POPULAR


Acusados de homicídio com intenção de matar, o Sub Ten PM Marcos Roberto Felisberto de Souza e o Cb PM Alessandro Juliano Capistrano foram julgados no dia 17 de outubro, na Comarca de São Carlos.

O Sub Ten PM Felisberto, associado da ACS em Araraquara, recebeu todo o suporte jurídico da Entidade.

Segue abaixo relato do ocorrido e a sentença.

Na madrugada do dia 06 de outubro de 2015, uma empresa na cidade de São Carlos havia sido invadida por furtadores que tentaram levar um cofre e outros objetos. Devido a chegada dos seguranças da empresa, eles não conseguiram levar o cofre, mas levaram certa quantia em dinheiro e outros objetos.

A Polícia Militar foi acionada através do 190, tendo sido informada que os prováveis autores do furto teriam sido vistos nas proximidades, já numa área rural, em uma Saveiro branca, informando o local.

Diante disso a viatura do então Sargento PM Marcos Roberto Felisberto de Souza, nosso associado, na condição de encarregado e do Cb PM Alessandro Juliano Capistrano na condição de motorista, se deslocaram ao local.

Ao desembarcar o Sargento Felisberto fora recebido a tiros, tendo revidado a injusta agressão com o uso de sua metralhadora. Dos fatos um dos envolvidos acabou por falecer e outro fora socorrido. A vítima sobrevivente alegou que os fatos teriam ocorrido de forma inversa, tendo os policiais atirado sem qualquer motivo. Em sessão de julgamento no dia que perdurou por 11 (onze) horas ao final os jurados absolveram os policiais militares por reconheceram que agiram corretamente agindo em legítima defesa.

Cabe recurso, mas o nosso associado poderá contar sempre com a sua Associação!